28.4.07

LiliUP Ling | Democracia em SL

Se pensavam que o “sistema político” funcionava da mesma forma em todo o lado, desenganem-se. O SL Não vive todo nesta espécie de anarquia, há um grupo de pessoas que tem há dois anos e meio experimenta a democracia em SL.
Gwyneth Llewelyn é uma dessas pessoas, faz parte um partido político em SL e esteve-me a explicar mais ou menos como funciona.

Se o modelo que prevalece em todo o SL é: «A ilha tem um dono, o resto paga para ter um espaço. Se se chateiam como dono, vão-se embora e alugam noutro sítio.» Ora democraticamente, a organização é outra: «O conceito é simples: entras com dinheiro para comprar um pedacito de terra, tens um voto, podes ser eleita para o "governo" ou eleger o “governo”. "governo" esse que trata da organização, e de recolher o dinheiro de toda a gente para pagar as ilhas, assim como de manter as coisas limpinhas, projectar novas ilhas, etc. Se não gostas deles, nas próximas eleições, votas noutras pessoas.»

Há eleições governamentais, eleições que elegem não pessoas, mas partidos/programas políticos. Duas vezes por ano, as pessoas interessadas juntam-se, formando uma “facção” e candidatam-se a lugares na Assembleia de Representantes, onde por 6 meses governam tudo. Desta forma, vêem o poder nas pessoas que vivem ali, dividido por todos, já que quem governa é eleito por eles próprios como seus representantes.

Este modelo é actualmente aplicado em dois espaços SL, Neufreistadt e Colonia Nova, funciona há dois anos e meio e já conta o 6º governo constituicional!



[18:59] Gwyneth Llewelyn: 99.999999999% do SL é um misto de anarquia, libertarianismo, e capitalismo laissez faire :)
[18:59] Gwyneth Llewelyn: Nós somos os 0.0000000001% que são pouco originais e são democráticos, organizados num estado de direito ;)


Para saberem mais: http://wiki.neufreistadt.info


Esta conversa já tem seguramente cerca de um mês! Entretanto fui adiando o post (shame on me)... Hoje que reencontrei a Gwyneth Llewelyn em Colonia, achei que estava mais do que na hora! Obrigado, Gwyneth!

2 comentários:

silvia disse...

Excelente trabalho, Lili!

Paulo Frias aka PalUP Ling disse...

Excelente trabalho, Lili! ;)
A conversa com a Gwyneth deve ter sido muito interessante, e acho que deve ser um grande "case study" em SL.
Obgd, Lili :)