22.4.07

PalUP Ling | reflexão momentânea

A propósito do post da Sílvia, venho agora explicar o seguinte, com quase dois meses de vida conjunta em SL, acerca da metodologia até aqui utilizada:
- as respostas às fichas que vos envio regularmente em SL (e que agradeço imenso se puderem responder na íntegra) são uma importantíssima forma de recolha de informação numa perspectiva de investigação qualitativa online pela qual me interesso, e nas quais o anonimato é um pressuposto fundamental
- no blog, temos oportunidade de utilizar outro tipo de ferramenta de análise, do tipo diário/depoimento, não anónimo, e que tem despertado enorme interesse por parte de quem nos visita
- nas aulas, temos oportunidade de registar informação de um terceiro tipo, entrevista/coloquial, e que permite contextualizar a comunicação e o discurso de uma forma distinta (instintiva, imediata,...)
Após estas considerações, proponho o seguinte:
- que nos comentários a este post cada um responda OBJECTIVA e SUCINTAMENTE à pergunta da Sílvia: O QUE PRETENDO DE SECOND LIFE?
Fico a aguardar os vossos comentários, que devem responder apenas à questão e não comentar os outros comentários :)

2 comentários:

Lenitah disse...

Como já comentei no post da Silvia, foi uma boa questão que me fez parar um pouco e pensar.

Depois de dois meses de SL já quis imensa coisa. Primeiro não percebia muito bem até onde podia ir no SL. Depois pensei que a minha presença no SL podia ir muito além da simples (ou não) questão académica; abrir os horizontes à LenitahUP Ling para que ela fosse alguém no SL.
Agora acho que ando outra vez um pouco perdida quanto ao que pretendo do SL. Por isso é que prefiro andar a passear por lá, conhecer novos sítios, tirar umas pics para depois poder vos mostrar... Já não procuro o contacto com outras pessoas que andam pelo SL, já não me entusiasmo tanto como antes.
E talvez aquilo que se pretende com o SL seja mesmo assim...esteja em mudança constante. Ou então não...talvez eu seja um mau exemplo.

silvia disse...

Quanto a mim, pretendo usar o sl essencialmente como uma ferramenta vantajosa de aprendizagem, que me permite intervir e participar mais nas aulas. No meu último post, enumerei várias vantagens que encontro no sl como meio de ensino, e é esta possibilidade fornecida
por este mundo virtual que mais me agrada.
Além disso, mais do que criar uma personagem diferente de mim ou conhecer outras pessoas e locais,
gosto de observar/analisar/reflectir sobre o modo como os avatares (e respectivos manipuladores) se
comportam e co-existem nesta "segunda vida".