18.3.07

SummUP Ling | Numa de Second Life…

SummUP Ling | "UP por parte da mãe, Ling por parte do pai" (palavras de Pal). :)

Bom, eu fui a última a entrar para este “jogo” e, pelos vistos, fui a última a dar o meu parecer sobre as experiências que tenho vivido… Shame on me! Mas, vá, vou tentar “ir a tempo”. :)

Há cerca de duas semanas, eu não fazia a mais pequena ideia do que era ter uma “segunda vida”, uma vida virtual… Achava que, embora tendo noção de que o “mundo virtual” é imensamente vasto, já nada me espantava demasiado… Estava redondamente enganada porque o SL excedeu as minhas expectativas. É vero!

O meu primeiro contacto com o SL foi deveras engraçado. Poderei dizer que foi um “step-by-step”. Cheguei à aula de HEN quase de pára-quedas! Andavam as meninas a experimentar roupas e a escolher penteados, o professor a navegar pelo novo mundo, enquanto eu fiquei, inicialmente, como mera espectadora (como dizia o professor “estatuto de observador” lol). Não foi mau, tendo em conta que depois da aula terminar, eu tratei logo de explorar aquilo ao máximo, até para não me sentir para trás. Até agora, muitas foram as experiências que vivi no SL. O vício é tanto que algumas de nós até ficam depois da aula a entrar em novos sítios, a modificar a aparência, a confraternizar com o pessoal que está on-line, a fazer um “sem-fim” de coisas…

O SL foi uma verdadeira surpresa! Nunca imaginei que fosse possível viver num mundo paralelo, onde a(s) personagen(s) que criamos poderão ser extensões do que somos na “real life” ou, então, alternativas a um mundo real, onde o possível tem limites… Para mim, o SL é um jogo porque explora a noção de jogabilidade em diversos sentidos, mas vai muito para além disso. É um mundo à parte onde se reúnem pessoas dos quatro cantos do mundo que partilham experiências entre si. É uma rede onde travamos amizades, falamos outros idiomas, compramos, vendemos, criamos, convivemos, imaginamos e, incrivelmente, voamos! É verdadeiramente emocionante! Já tive oportunidade de mostrar o SL a alguns dos meus amigos e o que eles sempre dizem é: “Aquilo é viciante!”. Como eu os entendo… :)

Infelizmente, o trabalho não me deixa muito tempo para explorar as inúmeras potencialidades do Second Life. Contudo, procuro aproveitar cada bocadinho de tempo que tenho para navegar e experimentar coisas novas. Ainda na semana passada, estive com a Lili a dançar na Laguna Beach (abraçadinhas, devo dizer…)! E na passada aula de Hipermédia estivemos todos a dançar salsa… Que belos dançarinos! :)

Summ a dançar salsa!

Summ a descansar, sentadinha. ;)

Uma das coisas que mais me fascina é a possibilidade de nos teletransportarmos! Basta ir ao motor “search”, digitar um local que nos passe pela cabeça “et voilá”, lá vamos para o sítio desejado! Rápido e fácil! O mais engraçado é reparar como as ideias que concebemos de determinados países e/ou cidades se concretizam no espaço virtual. A título de exemplo, Amsterdão = liberalização das drogas; até um “drug dealer” existia! Por isso, acredito que passa sempre algo da vida real para a vida virtual. Mesmo no que diz respeito à criação das nossas personagens. O SL dá-nos a possibilidade de fazer um registo grátis e, portanto, podemos “alimentar” a nossa imaginação, criando mais do que uma personagem, em que uma delas pode explorar o nosso verdadeiro eu e as restantes podem ser algo completamente diferente de nós próprios. Ainda me lembro do que pensei quando criei a Summ: “Isto é o meu alter-ego!”. Para já, quero explorar esta personagem ao máximo, perceber como tudo isto funciona, ambientar-me e depois, quem sabe, criar outras identidades…

Até podem argumentar que no MSN podemos conversar com pessoas de outros países e fazer algumas das coisas que fazemos no SL... Eu vou sempre dizer: "É diferente!". Porque é mesmo. No SL existe uma coisa chamada "ambiente" que nos transforma, onde quer que estejamos! Eu sei que posso interagir com elementos do espaço envolvente, posso adicionar objectos, posso criar e partilhar objectos com os meus amigos, posso tratar toda a gente por “tu”! Onde é que na vida eu pensei virar-me para o meu próprio professor e dizer “Ouve lá, tu…”?! Bom, não será assim tão radical, até porque ainda há uns dias fiz a ridícula pergunta “Oh professor, posso tratar o Eggy por tu?”. Escusado será dizer qual foi a resposta. (Tanto tempo de SL e ainda faço estas perguntas?!) :)

Na paz, eu acho que aqui somos todos bons amigos! Damo-nos bem e está tudo tranquilo.

Summ a relaxar em plena Laguna Beach...

E porque o tempo que tenho para navegar pelo SL é pouco e eu já escrevi muito, aqui vou eu navegar mais um bocadinho… Save some words for the next post!

2 comentários:

Paulo Frias disse...

obgd summ pela contribuição ;)
esperamos todos que estejas mais activa nas iniciativas do grupo, ok?
enjoy ;)

Chiclete_ou_Chicla disse...

sim, pal! vou mesmo fazer o esforço! :) peço dsc... brigada.