23.3.07

SylviaUP Ling | Então e os feios?

Na nossa "segunda vida", todos somos bonitos, altos, elegantes e jovens.
Nunca por mim passou um avatar gordo, negro ou velho. Ninguém é estrábico, coxo...ninguém é doente! Além de belíssimos, somos todos extremamentes saudáveis. Ora, é óbvio que tecnicamente não podemos criar um avatar estrábico, mas é possível criar uma personagem mais "roliça" e ninguém a cria.
Pois claro, na nossa "segunda vida", somos verdadeiros Apolos e Afrodites. Alcançamos a perfeição que não nos é permitida na vida real. Bendito seja o Second Life!
Não defendo que as pessoas devam transpor a sua aparência física para o seu avatar. O Second Life é um espaço de libertação!! Mas, se concordam comigo, não vos parece que estamos a transportar para o SL a ditadura da imagem, que tantas regras nos impõe na RL? Num momento da nossa sociedade em que a imagem é (quase) exclusivamente aquilo que nos pedem para nos abrirem portas, não seria bom e aliviador libertarmo-nos dela na nossa "segunda vida"?
Talvez o Second Life não consiga mesmo escapar à Real Life. Um doce para quem conseguir! Eu não consigo!

(Muito obrigada Lili, por me convidares para a discussão de ontem, extremamente frutífera e inspiradora para este meu post)

4 comentários:

Lenitah disse...

A Lenitah já esteve com pessoas gordas e feias no SL. =D

Até tem um amigo espanhol com uma barriga enorme, e uma orelhas que mais parece um hobbitt... LOol

Ontem até estive a ver uma barriga engraçada para mim...parecia que estava grávida. QQ dia a Lenitah engravida no SL... =D

vânia disse...

;)

De nada! Se fosse ao contrário tb gostava que me tivessem avisado! Podia nem ter sido nada de jeito, mas foi de facto interessante. Vai haver mais discussões do género, adicionaram-me ao grupo para receber as notificações. Se os temas interessarem eu volto a avisar! ;)*

Paulo Frias aka PalUP Ling disse...

Boas questões, Sylvia...
Um dos aspectos interessantes de Sl é precisamente que, na minha opinião, podemos "escrever o nosso próprio guião"... ou seja, aproveitarmos o carácter libertador do meio para nos exprimirmos como quisermos.
Acho que a construção do avatar é um dos primeiros passos em SL em que essa dialética se revela: vou ser mais ou menos do tipo RL?
Se são evidentes os sinais das preocupações que importamos da RL para SL, talvez também existam algumas de SL para RL, ou não?
Gostava imenso de ter estado na conversa de ontem (OBGD Lili PELO AVISO, É MTO IMPORTANTE QUE CONSIGAMOS FUNCIONAR ASSIM :), mas imagino que estes temas tenham sido abordados... Se puderem depois "postar" mais alguma informação sobre o evento, eu adorava ;)

Paulo Frias aka PalUP Ling disse...

Ah, um esquecimento:
O PalUP Ling já se cruzou com resmas de gente feia, horrorosa, em SL...
Às vezes até pensamos: como é possível querer ter este aspecto, bolas? Essa constatação responde um bocadinho às dúvidas da Silvia aka SylviaUP Ling: nem todos querem ser perfeitinhos segundo os cânones da RL...